Posts Recentes

Como formar equipes inovadoras?

Para qualquer instituição que tenha a intenção de se estabelecer no mercado de forma constante, a inovação precisa estar presente em todo o processo, incluindo os colaboradores. Para que isso aconteça, primeiramente, é necessário que haja um ambiente em que seja estimulado a união e colaboração entre todos. A inovação não se refere apenas às ideias, mas também à solução de problemas.

Por este motivo, é importante estimular essa característica nos colaboradores. O papel do líder é se atentar ao perfil de sua equipe e garantir que todos se sintam confortáveis para dividir seus pensamentos, sempre estimulando a cooperação entre todos.

Sendo assim, é essencial ter na equipe colaboradores que possuam interesse em solucionar problemas dos seus clientes. O líder precisa avaliar se essas pessoas estão atuando com o que se identificam e com as funções mais adequadas de acordo com suas competências. Isso é essencial para estimular a criatividade e, consequentemente, a inovação.

É importante buscar uma equipe diversificada, apostando em profissionais de diferentes perfis que estimularão a inovação, dentre eles, alguns exemplos:

O visionário (aquele que consegue antecipar cenários e ter ideais a partir disso);

O pensador (aquele que observa, escuta e examina as situações);

O inovador (aquele que sempre busca as melhores ideias para colocar os desafios em prática);

O líder (aquele que comanda, incentiva e motiva sua equipe);

O comunicador (aquele que consegue transmitir informações e ideais de forma clara para todos).

Tome cuidado para não tender a dar preferência a apenas um perfil. Muitas vezes, temos tendência a nos aproximar de pessoas que possuem um pensamento parecido com o nosso e isso também pode se estender ao ambiente corporativo. Por isso, é importante sair da zona de conforto e dar espaço a experiências diversificadas e pontos de vista diferentes. Dessa forma, diversas óticas serão expostas, possibilitando uma maior perspectiva através de discussões que serão enriquecedoras.

Um ponto importante que deve ser levado em consideração é a respeito de que, para as pessoas se sentirem seguras para expor suas opiniões, elas não devem ter receio de possíveis represálias. Por isso, é importante sempre estimular este comportamento e tomar cuidado para não desestabilizar toda uma equipe.

Por este motivo, o trabalho em equipe precisa ser encorajado todo o tempo. É preciso sempre incentivar um ambiente onde haja comunicação e trocas, onde todos se sintam pertencentes e acima de tudo, valorizados. Até a próxima!



Motivação no comportamento organizacional


 Neste artigo, abordaremos a motivação no comportamento organizacional. Mas o que significa “motivação”? Esse é um processo encarregado por encorajar um comportamento que gerará uma ação estimulando para que as atividades realizadas alcancem o resultado esperado.

A motivação está atrelada à intensidade, à direção e à persistência do empenho executado por uma pessoa para cumprir determinada meta.

A intensidade é a quantidade de energia aplicada, a direção é o foco para a realização do objetivo e a persistência é a quantidade de tempo utilizada para alcançar a meta.

Para uma equipe manter-se motivada, há a necessidade de um esforço mútuo: o líder e toda a equipe precisam colaborar para que todos se mantenham satisfeitos. Para isso, algumas atitudes podem ser tomadas em conjunto para melhorar a motivação da equipe:

· Separar as atividades de acordo com a habilidade de cada colaborador;

· Conceder feedbacks periodicamente;

· Compartilhar informações importantes para toda a equipe;

· Encorajar a criatividade e ideias inovadoras;

· Desenvolver novas habilidades;

· Introduzir metas que sejam incentivadoras.

O grupo também precisa manter uma boa relação entre si para melhorar o engajamento. A colaboração e a troca de ideias, incentiva as relações e torna o ambiente de trabalho mais agradável para todos. O pensamento deve ser o seguinte: por mais que todos tenhamos nossas atividades individuais em nosso dia a dia, devemos saber que todos possuem um papel importante para o sucesso da equipe.

Também é preciso reconhecer as conquistas individuais e grupais. O reconhecimento gera um sentimento de missão cumprida e pertencimento.

Por isso, é importante que não apenas o colaborador que alcançou uma determinada meta saiba disso, é importante que todos compartilhem das conquistas uns dos outros!

Além do incentivo em grupo, o líder tem um papel muito importante no que se refere aos sentimentos despertados em toda a equipe. Um líder deve acolher sua equipe, atuando em conjunto para alcançar as metas da empresa. Possuindo uma boa relação, os colaboradores se sentem mais confortáveis e entusiasmados para cumprir as atividades do dia a dia, mostrando-se presentes e dispostos a contribuir e aprender.

Esperamos que as dicas auxiliem e forneçam ideias para trabalhar a motivação das equipes!



Portaria Normativa PROCON/SP - 29/2021


 A Fundação Procon-SP publicou a Portaria Normativa 029/2021, para alterar o artigo 33, da Portaria Normativa nº 57/2019. Com isto, as GIAS-ICMS voltaram a ser aceitas como documento hábil para comprovar o faturamento bruto da empresa, conforme previsto nas Portarias Normativas anteriores à Portaria Normativa º 57/2019. Ainda, foram incluídos como documentação hábil para comprovar o faturamento: (i) a DAS – Documento de Arrecadação do Simples Nacional; (ii) o Declaratório e Recibo de Entrega da Apuração PGDAS- D (Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples Nacional Declaratório); e (iii) o documento DASN-SIMEI – Declaração Anual Simplificada para o Microempreendedor Individual.

Importante também mencionar o § 2° da Portaria 029/2021, que reinseriu a previsão de que, no caso de conduta infrativa imputada a uma unidade específica do autuado, será considerada como condição econômica, a receita bruta do estabelecimento onde ocorreu a infração. 

Além disso, o Procon-SP, no § 3°, do art. 33, da nova Portaria Normativa 29/21, incluiu que, quando constar expressamente no auto de infração que a conduta diz respeito à rede de estabelecimentos, será considerado, para fins de estimativa, a receita bruta da rede do autuado, ou seja, o faturamento global, sendo indicado como responsável a matriz do estabelecimento.




GESTÃO DE EQUIPES EM HOME OFFICE


Chegamos em 2021 e o trabalho remoto segue como uma modalidade em alta. Ao longo de 2020 abordamos bastante sobre o home office, mas é sempre bom reforçar como deixar essa prática a mais próxima do que seria o trabalho presencial para todos. Neste sentido, no artigo de hoje discutiremos sobre como gerir o trabalho em casa!

A primeira dica refere-se ao estabelecimento de regras e diretrizes para a equipe. As atividades determinadas precisam seguir uma orientação mesmo que seja mínima. O que é proposto aqui não é retirar a autonomia dos colaboradores, mas, oferecer as diretrizes para que as tarefas sejam realizadas da forma esperada.

Outro ponto importante é designar a forma como será feita a prestação de contas. As revisões podem acontecer semanalmente, quinzenalmente, de acordo com a dinâmica e os prazos definidos de cada equipe. Dessa forma, há mais controle do que está sendo realizado, as dificuldades podem ser apresentadas e todos possuem ciência das metas e prazos a serem cumpridos.  Além disso, é essencial que a mesma estratégia de trabalho seja estabelecida para todos. Os colaboradores precisam estar cientes que não há distinção no tratamento de gestão.

Já abordamos anteriormente sobre a importância das videoconferências. Elas são primordiais para a troca de informações e ideias do grupo, bem como manter o todo alinhado. Mas, para que estas reuniões sejam realmente produtivas é preciso atentar-se a algumas questões. Antes de uma conferência, busque estar com todas as informações necessárias para o encontro em mãos, evitando perder tempo buscando e-mails, arquivos etc. É indispensável que todos estejam com a câmera ligada para que os colegas possam ver os rostinhos uns dos outros e fortalecer os laços. Logo, ajuda na comunicação o fato de todos estarem vendo as expressões um do outro. Acredite, isso faz diferença! Assim como é importante que cada um fale de cada vez e que desligue o microfone quando não estiver falando para evitar interferências.

Também é fundamental manter os laços de proximidade! Em home office é muito comum perdermos o hábito de conversar informalidades, e isso também é importante para manter o vínculo. Reserve alguns minutos da call para este bate papo.

Outro ponto importante refere-se a forma como conversar com os colaboradores remotos. É essencial verificar a forma como se dirigir para os funcionários, assim, evita-se muitos mal entendidos, o que pode acontecer com muita frequência quando não estamos conversando olho no olho.

Esperamos que estas dicas auxiliem no dia a dia, para equipes mais organizadas e engajadas! 2021 está apenas começando, vamos em frente!



Portaria 34/21 - Ministério da Justiça

 


O Dep. de Relações de Consumo informa que no próximo dia 05/02/21 entrará em vigor a Portaria 34/21 que "Dispõe sobre as regras para a celebração de termo de ajustamento de conduta nos processos administrativos sancionatórios no âmbito da Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça e Segurança Pública".

Para acessar a íntegra da Portaria, clique aqui.

Para informações adicionais, entre em contato: relacoesdeconsumo@bnz.com.br



Prazo Para Declaração de Capitais Brasileiros no Exterior


Os residentes no Brasil (pessoas físicas ou jurídicas residentes, domiciliadas ou com sede no país), que possuem ativos de qualquer natureza (bens, direitos, instrumentos financeiros, moeda, depósitos, imóveis, participações societárias e etc.) mantidos no exterior deverão prestar suas respectivas declarações ao Banco Central do Brasil.

O piso da obrigatoriedade de declaração, que outrora era de US$ 100 mil, foi elevado para US$ 1 milhão com a edição da Resolução nº 4.841 de 30 de julho de 2020, que entrou em vigor em 1 de setembro de 2020.

Agora, os residentes no Brasil que possuem o equivalente a US$ 1 milhão ou mais em ativos no exterior, deverão prestar a declaração anual (“CBE Anual”) com referência a data-base de 31 de dezembro de 2020, cujo prazo inicia-se em 15 de fevereiro de 2021, às 18 horas, e encerra-se em 5 de abril de 2021.

Para os residentes no Brasil que possuem o equivalente a US$ 100 milhões ou mais em ativos no exterior, a declaração deverá ser feita trimestralmente (“CBE Trimestral”), obedecendo ao seguinte cronograma:

(i) para a data-base de 31 de março de 2021, o prazo inicia-se em 30 de abril às 18 horas e encerra-se em 5 de junho;

(ii) para a data-base de 30 de junho de 2021, o prazo inicia-se em 31 de julho às 18 horas e encerra-se em 5 de setembro; e

(iii) para a data-base de 30 de setembro de 2021, o prazo inicia-se em 31 de outubro às 18 horas até 5 de dezembro.

Em caso de não declaração, o Banco Central do Brasil poderá aplicar a multa prevista na legislação correspondente, cujo valor pode variar de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos Reais) a R$ 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil Reais), havendo possibilidade de majoração da multa em 50% (cinquenta por cento) a depender do caso concreto.



 

Estratégias para um novo ano


Chegamos ao final de mais um ano, e que ano, não é mesmo!? Diversas dificuldades e, por conta delas, tivemos que nos reinventar e ser criativos. E no final das contas, colhemos muitos aprendizados e muitas descobertas. O fim de um ciclo sempre nos traz a reflexão do que foi bom, do que pode mudar ou ser melhorado. Sendo assim, grande parte de nós realizamos as famosas “resoluções de final de ano”, sempre afirmando que algo será diferente no ano que está por vir. Mas nem sempre conseguimos dar seguimento nestes planos, o que não é algo incomum. Mas por que isso acontece? Neste artigo, vamos entender o porquê de nem sempre conseguirmos manter nossos propósitos e como fazer diferente em 2021.

Primeiramente, muitas das metas que são estabelecidas são irreais, ou seja, algo pouco especificado ou detalhado. Um exemplo disso seria o “quero ser mais feliz”. Mas o que te faria mais feliz? Quais passos seriam necessários? Esse tipo de proposta muito vaga e abrangente é facilmente esquecida e deixada de lado.

Ao estabelecer uma meta, a divida em diversos passos para ser alcançada. Desta forma, esse objetivo se torna mais palpável. Você definirá passos e prazos e estes deverão ser cumpridos de acordo com a sua disponibilidade. Assim, você continua motivado e atinge o seu propósito.

Neste processo, uma das nossas maiores inimigas é a pressa. A sua meta deve ser cumprida seguindo critérios de tempo que você consiga se organizar. O importante aqui é não deixar que a pressa te faça desistir!

Outro ponto importante refere-se às PRIORIDADES. Algumas pessoas conseguem realizar diversas atividades ao mesmo tempo, outros precisam seguir um passo de cada vez. Aqui não existe certo ou errado. Isso vai de cada perfil e, por este motivo, é importante conhecer o que funciona melhor para você.

Independentemente do perfil, estabelecer prioridades é muito importante. Qual dos objetivos é essencial? Qual deles te demandará mais tempo? Saber isso é prioridade para se organizar adequadamente e conseguir dar conta de tudo o que foi planejado.

Não existe perfeição! Quando os nossos planos não saem exatamente da forma como imaginávamos, é comum desanimarmos e muitas vezes desistirmos. E este é um grande desafio. Nem sempre você conseguirá realizar uma determinada tarefa como imaginava. Observe qual é a dificuldade e o que você pode fazer para mudar. No percurso para atingir nossos propósitos, muitas vezes teremos que repensar o que estávamos fazendo para não abandoná-los de vez e adiarmos para o ano seguinte.

Esperamos que essas dicas sejam valiosas e que 2021 venha com muitos planos. Que este seja um novo ciclo de muito aprendizado e conquistas. Estaremos juntos em 2021.